15 de julho de 2017

Eu venho de um lugar em que se divide o pão


"Eu venho de lá onde o bem é maior. 

De onde a maldade seca, não brota. 

De onde é sol mesmo em dia de chuva e chuva chega como bênção. 

Lá sempre tem uma asa, um abrigo para proteger do vento e das tempestades. 

Eu venho de um lugar que tem cheiro de mato, água de rio logo ali e passarinho em todas as estações. 

Eu venho de um lugar em que se divide o pão, se divide a dor e se multiplica o amor..." 

Rita Maidana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...