27 de abril de 2017

Sem muitos rodeios


Há uma fadiga crônica daquele que se entrega sem muitos rodeios.

Gente que vai direto ao assunto, que sabe o que come do cardápio, que já se decidiu se bebe ou fica na água mineral.

Gente que já sabe se é Bossa Nova ou Sertanejo.

Em resumo, gente que não enrola, não rodopia em volta do assunto falido e nem da atitude falha.

Pra essa gente, não vale mais ou menos.

Tempos mornos acomodam.

Gente politicamente correta soa falso.

Afinal, todos têm algum desvio de comportamento por alguma razão que fira algum valor aprendido.

Se estiver muito cansado, repense o seu entorno.

Ainda que o entorno não esteja fisicamente presente.

Porque gente que fadiga os outros não tem fronteiras nem passaporte.

Cabe ao exaurido a função de deixar claros e esclarecidos os limites da fronteira.

Caso contrário, puro cansaço.


|Cláudia Dornelles|

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...