11 de outubro de 2016

Nada além


Tenho o direito de ser imperfeita,

acima do peso que querem que eu tenha,

detestar todos os tons de cinza

e ler a revista mais banal que eu quiser.

Nada disso me fará menor.

Porque gente só tem tamanho quando é imperfeita.

E gente que se reconhece imperfeita vive buscando seu tamanho.

A gente está na busca.

Nada além.

Cláudia Dornelles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...