26 de outubro de 2016

Lágrimas


Seco as lágrimas.

Um filme passou pela minha alma.

A cabeça parou e só a alma chorou.

Chorou de saudade, de afeto, de amor, de gratidão.

Cláudia Dornelles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...