18 de outubro de 2016

Corações pulsantes


No momento em que o ser humano perceber que só compartilhando o que há de bom, o melhor retornará até ele e serão desnecessários quaisquer apelos tampouco desgastes para que façam o que precisa ser feito.

Há dois caminhos:

Situar-se e desvirtuar-se.

Cada qual escolhe o fruto da sua semeadura.

Generosidade também se aprende, e com a prática.

É ela que nos diferencia entre tolos ambiciosos e corações pulsantes.


Cláudia Dornelles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...