11 de agosto de 2016

O Mar me Traduz


Nada do que é humano me é indiferente.

Gosto do mar.

Ele me traduz.

Sou meio ventania e meio tempestade.

Nada de rotina.

Meu nome é MOVIMENTO!

Cláudia Dornelles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...