8 de agosto de 2016

EMPATIA


Fico aqui me empenhando para o dia em que, se colocar no lugar do outro, seja a regra, não a exceção.

Você fala do Outro sem conhecê-lo.

Por que não se empresta a ele com a mesma facilidade?

Sou fã da Psicanálise, mas, sobretudo, sou fã ardorosa do Outro.

Simplesmente por que somos uma corrente cujos elos, querendo ou não, já foram estabelecidos, desde antes...

[ Cláudia Dornelles ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...