22 de julho de 2016

Julien Green disse...


"Admiro a Terra, quero-a, sempre gostei dela.

Sempre me senti feliz por estar vivo:

apesar da guerra,

das más notícias,

não sou capaz de matar em mim

a simples alegria de viver."

Julien Green

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...