29 de abril de 2017

░✿░D░I░ɑ░✿░F░E░L░I░Z░✿


". O maior presente que você pode fazer a outro não é compartilhar suas riquezas, mas deixá-lo descobrir as suas."
 

B. Disraeli

Provérbio Chinês



"Quando o olho não está bloqueado, o resultado é a visão.
Quando a mente não está bloqueada, o resultado é a sabedoria, e quando o espírito não está bloqueado, o resultado é o Amor."


Provérbio Chinês

QUE VOCÊ TENHA BELA SORTE!




Meus votos de felicidade vão sempre redobrados às mulheres.
Somos tantas e tão diversas, que até as Nossas Senhoras precisaram se democratizar na persuasão e caracterização próprias.
E não é blasfêmia o que eu digo.
É apenas a construção da observação.
É a constatação consciente de que, todas nós, mais cedo ou mais tarde, mais nova ou mais velha, experimentamos ou experimentaremos às maravilhas e agruras do desenvolvimento feminino.
Como não nos desejarmos uma BELA SORTE?

[ Cláudia Dornelles ]

28 de abril de 2017

Para LER e REFLETIR


"Mantenha a sua Fé acesa, para que mesmo nos dias de escuridão, a certeza de chegar ao destino, não abandone o seu coração..." 


(Elvis Kubo)

27 de abril de 2017

Sem muitos rodeios


Há uma fadiga crônica daquele que se entrega sem muitos rodeios.

Gente que vai direto ao assunto, que sabe o que come do cardápio, que já se decidiu se bebe ou fica na água mineral.

Gente que já sabe se é Bossa Nova ou Sertanejo.

Em resumo, gente que não enrola, não rodopia em volta do assunto falido e nem da atitude falha.

Pra essa gente, não vale mais ou menos.

Tempos mornos acomodam.

Gente politicamente correta soa falso.

Afinal, todos têm algum desvio de comportamento por alguma razão que fira algum valor aprendido.

Se estiver muito cansado, repense o seu entorno.

Ainda que o entorno não esteja fisicamente presente.

Porque gente que fadiga os outros não tem fronteiras nem passaporte.

Cabe ao exaurido a função de deixar claros e esclarecidos os limites da fronteira.

Caso contrário, puro cansaço.


|Cláudia Dornelles|

26 de abril de 2017

Inês Seibert disse..


Aprendi que dentro de um caminho

cabem mais passos do que seguir por várias trilhas;


que ter um amigo apenas vale mais


do que muitos tapas nas costas;


que um abraço cura mais do que qualquer receita;


que uma Fé presente preenche qualquer espaço de ausências;


que se um nó nos aperta, o laço afrouxa;


que um olhar traduz mais do que palavras repetidas;


que uma lágrima sentida alivia mais do que o pranto que cansa;


que espera e ansiedade não cabem no mesmo tempo;


que amor é também abraçar o próprio medo


e mesmo que tudo sobre nós desabe,


ainda do chão se pode ver o céu!
.
Inês Seibert

Não tenhas medo.


Não tenhas medo.

Tem momentos na vida em que a gente se perde mesmo.


Mas Deus está sempre nesses momentos, pra nos mostrar o caminho de casa.

Laura Méllo

Reforma Íntima



Paira entre todas as mídias um assunto recorrente, embora incômodo: a DEPRESSÃO. 


Em entrevista a um programa de grande repercussão, o Padre Marcelo Rossi fez um importante relato sobre sua própria experiência. 

Quem assistiu à reportagem e estava atento às mensagens subliminares, evidenciadas o tempo todo, pôde analisar a questão com mais precisão e menos ilusão. 

Primeiro, ficou claro que a religião não impede que a sensação de tristeza paralisante se instaure. 

Evidentemente, quem é assíduo num ritual religioso tem mais condições de adiar a pane geral porque, em tese, entrega a um ser soberano a resolução daquela situação incomodativa. 

Salvo raras exceções, há a transferência da responsabilidade. 

Por outro lado, quem percebe que há de se ter além da fé uma autocrítica e uma ação seguida da lágrima e da oração, parece estar mais coadunado com a maturidade que essa situação requer para que se saia dela. 

Na realidade, o indivíduo deprimido é evitado. 

Assim como o indivíduo que não se rende a alguma religião, que lhe é oferecida como solução dos seus problemas, é esquecido. 

Tenho comigo que quem se apega de forma demasiada à religião foge de si mesmo. 

É a religião que concede limite para seus instintos pouco admiráveis na sociedade ou grupo do qual faz parte. 

E, talvez, por medo de ser quem é, põe a religião à frente de tudo. 

Em geral, são bons amigos até que alguma opinião os firam ou contrariem. 

E para feri-los, dependendo da crença, basta ser de uma religião diferente. 

O que o padre comprovou é que há muitas questões fortes que residem no além-religião. 

Nessa mistura entre depressão, religião e amizade, por mais duro que seja, é a situação adequada para se averiguar quem é quem. 

Inclusive quem é aquele que se posta de amigo, até enquanto acha que pode demover o Outro de ser quem é.

| Cláudia Dornelles |

25 de abril de 2017

Você é livre para fazer suas escolhas


"Você é livre para fazer suas escolhas, seguir seus caminhos, fazer seus julgamentos (mesmo que não sejam os mais acertados), tem a total liberdade para o fazer sem ser censurado. 

Assim como os meus! 

Respeite, mesmo que sejam difíceis de aceitar…da minha vida apenas a quem de direito diz respeito!"

Peter Pires

22 de abril de 2017

Rezar não é dar ordens a Deus.


Creia no Deus do impossível, mas não alimente a pretensão de saber o que deve ser feito.
Rezar não é dar ordens a Deus.

Padre Fábio de Melo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...